Apostasia

Padrão

Falar de apostasia é algo um tanto delicado e requer muito tempo e espaço para relatarmos tudo aquilo que se enquadra nesse título, apostasia quer dizer renúncia à uma fé, uma doutrina religiosa, quer dizer, estar afastado daquilo ao qual o indivíduo estava ligado. No dicionário de português apostasia quer dizer: Ato de apostatar; abandono público de uma religião por outra; abjuração. Abandono de uma doutrina, de um partido; deserção.

Quero falar um pouco sobre a apostasia que tem se encontrado no meio cristão (não generalizando é claro) É bem verdade que nos últimos dias temos encontrado muitas pessoas que estão abandonando a fé cristã devido as lutas e dificuldades que muitos tem enfrentado por esse mundo afora. Estamos vivendo dias onde já não existe mais amor uns para com os outros, um mundo capitalista onde cada um quer mais ou ser mais que o outro, e se falando de fé cristã sabemos muito bem que e o amor é uma das principais bases fundamentais na fé cristã, e anda é claro, lado a lado com a fé, a fé sobrenatural, verdadeira, viva e eficaz, pois acredito que sem a fé não há o amor e vice-versa. A palavra de Deus diz assim: “E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos” MT 24.12 – Temos percebido que isso tem se cumprido a cada dia, pois dentre tudo que temos visto, fica cada dia mais difícil confiarmos (termos fé) nas pessoas que estão ao nosso redor, a iniquidade tem sido muito grande, não sobrando espaço para que o amor venha ser manifestado e vivido entre as pessoas (falo de um amor verdadeiro, sem reservas) e pelo fato do amor não ser manifestado ou não praticado entre as pessoas é que vem a apostasia. Veja bem, se uma pessoa não pratica o amor para com o seu próximo que ela tem contato físico, pode olhar, ver sentir, como ela pode ter amor ou sentimento para com Deus? Para com Jesus Cristo? É nesse ponto que muitos cristãos nos dias de hoje tem errado, a palavra de Deus diz: “Entretanto, os fariseus, sabendo que ele fizera calar os saduceus, reuniram-se em conselho. E um deles, intérprete da Lei, experimentando-o, lhe perguntou: Mestre, qual é o grande mandamento na Lei? Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” (MT 22.34-39). O fato de não amarmos ao nosso próximo, mostra que não amamos à Deus, inclusive a Bíblia diz: “Pois qualquer que guarda toda a lei, mas tropeça em um só ponto, se torna culpado de todos.” (TG 2.10), ou seja, apostasia cristã não é apenas a pessoa, ou membro da igreja abandonar a  fé deixando de acreditar no Deus que está servindo, ou ainda sair da igreja e não querer mais frequentar a sua congregação ou comunidade, apostasia cristã, é aceitar a doutrina cristã e não colocá-la em prática, e mais, quantos que estão fazendo parte de denominações cristãs e fazem tudo contrário aos mandamentos de Deus? Não estou aqui para julgar, mas estou escrevendo para que pessoas que estão dentro das congregações possam refletir um pouco mais a respeito daquilo que estamos fazendo na igreja, inclusive abro um parêntese aqui, quando falo de mandamento, não estou me referindo ao antigo testamento, estou me referindo ao mandamento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, pois a partir do momento em que aceitamos a fé cristã, devemos seguir a Cristo, como o apóstolo Paulo disse: “Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo.” (1CO 11.1) Se estamos nessa terra para cumprir o “ide” de Jesus, devemos imitá-lo, e quem imita a Cristo anda em novidade de vida, amando e respeitando uns aos outros para que dessa forma possamos amar a Deus. É bem verdade que muitos tem louvado e adorado ao Senhor com os lábios quando estão em reuniões nas igrejas, choram, gritam, adoram a Deus e o movimento e a emoção são muito fortes, mas infelizmente, quando saem da presença dos pastores, dos membros e da comunhão, praticam atos visíveis de que são apóstatas da fé cristã, fazendo, falando e praticando coisas que são abomináveis à luz da Bíblia. “Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.” (MT 15.8) Será que a Fé está apenas enquanto duram os cultos? As missas? As reuniões? Será que depois de tudo o que falam pra Deus e o que ouvem de Deus não conseguem praticar? Será que não conseguem lutar para ser e fazer o melhor para o próximo e para si mesmos? Será que não conseguem dar e retribuir um amor sem reservas, como Jesus o fez na cruz do calvário por nós? Onde foi parar a fé que estava lá em cima durante a reunião? Muitos tem saído vazios das igrejas porque infelizmente nos dias de hoje  OS LÍDERES TEM DIVERTIDO BODES AO INVÉS DE APASCENTAREM AS OVELHAS, estão pregando o que o povo quer ouvir, massageando o ego dos ouvintes, prometendo coisas absurdas (que muita das vezes Deus não disse) pra qualquer um sem que esses tenham tido uma mudança de vida primeiro. A bíblia diz: “Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas. (MT 6.33) Infelizmente muitos estão buscando as demais coisas e deixando o Reino de Deus e a Justiça para depois, sabe por quê? Porque a justiça de Deus muitas vezes dói. Quando um homem ou mulher se encontram com Deus, aquilo que estava errado em suas  vidas precisa ser acertado, mudado e transformado e essas mudanças doem,  não queremos abandonar os velhos hábitos, preferimos ser apóstatas a seguir uma fé cristã genuína e verdadeira. Que Deus nos ajude a cada dia sermos melhores e mais conscientes daquilo que fazemos e ou praticamos diante de Deus e dos homens, pois: “Matarei os seus filhos, e todas as igrejas conhecerão que eu sou aquele que sonda mentes e corações, e vos darei a cada um segundo as vossas obras.” (AP 2.23) Que o nosso Senhor Jesus Cristo continue iluminando as nossas vidas e abrindo a nossa visão espiritual a cada dia para recebermos aquilo que o nosso Deus tem preparado para cada um de nós, a nossa salvação e a certeza de nossa vida eterna, pois perto está o tempo de tudo ser cumprido, como diz as Escrituras Sagradas: “E eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo para dar a cada um segundo a sua obra.” (AP 22.12) e ainda: “Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente, cedo venho. Amém! Ora, vem, Senhor Jesus!” (AP 22.20)

Desejo à todos nós que nunca sejamos apóstatas, que sirvamos à Deus em espírito e em verdade, sem falsidade, sem reservas.

Em outra oportunidade falarei um pouco mais.

Deus abençôe a todos!

 

Bispo Dorianderson Torres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s