Mãozinha

Lembre-se sempre de fazer o bem, e de verdade, nao importa a quem. Nao estamos neste mundo para sermos honrados ou julgados, embora o somos muitas vezes, mas estamos neste mundo para compartilhar aquilo de melhor que temos recebido do Pai: amor, carinho, cuidados, e acima de tudo a salvação de nossas almas; a garantia da vida eterna, Deus não nos chamou para sermos egoístas guardando o amor ágape que vem dEle apenas para nós, mas Deus espera que compartilhemos com o nosso próximo todo amor que Ele deu e continua dando a cada dia, a cada um de nós. Muitas das vezes deixamos de fazer algo a alguém porque pensamos muito antes de agir; pensamos que aquela pessoa em questão não merece aquela ajuda nossa naquele momento, que se a pessoa está passando por alguma dificuldade é porque ela própria procurou ou causou aquela situação, enfim, é uma série de pensamentos que rodeiam a nossa cabeça fazendo na maioria das vezes desistirmos de fazer o bem a quem está ao nosso alcance, desistimos de dar uma “mãozinha” . É bem verdade que muitas pessoas acabam causando problemas por que querem, acabam muitas vezes fazendo coisas que a desabonam até mesmo como seres-humanos que são, nem me fale então como cristãos. Mas mesmo assim, quando pensamos dessa maneira e deixamos de ajudar,  estamos fazendo um pré-julgamento da pessoa em questão, e segundo a palavra de Deus, não devemos fazer isso, não temos o poder e nem o direito de julgar ninguém independente de suas atitudes, sejam elas certas ou erradas, como diz o ditado, cada cabeça, uma sentença, e mais somos todos seres-humanos, passíveis de erros. Ou seja, cada um é responsável por aquilo que faz. Veja bem, é nesse ponto que quero chamar a atenção, se cada um é responsável por aquilo que faz, e sabemos muito bem a luz das Escrituras Sagradas que quem planta colhe, por que então devemos interferir no meio de muitos problemas daqueles que estão ao nosso lado, uma vez que possivelmente estão “colhendo” o que “plantaram”? Muitas vezes não sabemos quanto tempo aquela pessoa está “colhendo” ou quantos “frutos” já colheu, se os “frutos” estão acabando ou começando, mas sei de uma coisa, nos meus  doze anos  de caminhada com o Senhor Jesus, todas às vezes que tive que colher os “frutos” dos erros que cometi, no final da minha “colheita” Deus sempre enviou alguém para dar uma “mãozinha”. Aprendi muito bem aquilo que a bíblia traz, que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e são chamados segundo o seu propósito. Todas as dificuldades que enfrentamos, as adversidades e é claro, os erros que cometemos, são da vontade permissiva de Deus, ora Deus é soberano, é onipotente, onisciente e onipresente, ou seja, se Ele quiser, Ele nos impede de cometermos erros, mas Ele não faz isso, antes, Ele usa os nossos erros para nos ensinar a cada dia como estar mais perto dEle e como ficar debaixo da sua vontade. Servimos um Deus de amor, um Deus que entende o ser-humano, é claro, somos obra de suas mãos! Ele sabe exatamente como pensamos, como vamos agir, os desejos mais escondidos em nosso coração, mesmo sendo desejos que muita das vezes não agrada ao Senhor, mas Ele sabe, Ele conhece as nossas fraquezas. Foi exatamente por nos conhecer e saber como é a nossa estrutura, é que Ele veio a essa terra em corpo de homem exatamente para nos dizer que Ele nos ama, que mesmo com os nossos erros, com as nossas faltas, com o nosso egoísmo, com a nossa avareza, Ele ainda nos ama. É por isso que no momento em que praticamos coisas erradas, Ele nos pune, Ele usa os “frutos” da “árvore” que “plantamos”, mas quando o últimos “frutos” precisam ser “colhidos” Ele nos ajuda, sabe por quê? Porque sempre começamos a “colheita” com os “frutos” mais próximos, já os últimos “frutos” estão mais longe, fora do nosso alcance, é aí que o nosso Deus maravilhoso precisa nos dar uma “mãozinha”  é nesse ponto que  Ele envia pessoas ao nosso lado, pessoas especiais, verdadeiros “anjos” nessa terra para nos ajudar e muitas vezes sem questionar, sem fazer interrogatórios, simplesmente nos ajudam e a prova acaba, os “frutos” são “colhidos” e tudo acaba, isso dura até quando “plantamos” uma nova “árvore”, diferente da anterior, mas “plantamos”. O mais importante nessa reflexão é que nós possamos entender que se Deus nos colocou ao lado de alguém para ajudar, saiba que você é uma anjo de Deus enviado para cumprir com a obra dEle, pois a pessoa que você vai ajudar pode já ter “colhido” muitos “frutos”, mas os últimos estão muito difíceis, seja você também um anjo do Senhor usado para ajudar mais um filho dEle aqui nessa terra, lembre-se; deixe o Senhor usar você como um braço dEle, tenho a certeza absoluta que Ele ficará satisfeito com você tanto quanto a pessoa que Deus ajudar através de sua vida, e não se esqueça, não sabemos o dia de amanhã, com certeza precisaremos de uma “mãozinha” de Deus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s