Partidarismo na Igreja

Padrão

Os partidos de ontem e de hoje.

1) Os de Paulo (partido dos mais antigos):

– É formado pelo grupo que fundou a igreja, são as pessoas que devem ser honradas e reconhecidas, mas não devem interferir de maneira arbitrária no governo da igreja – Algumas ou várias mudanças são necessárias para crescimento, muitas vezes, esse partido atrapalha o crescimento da obra porque se acomodam com a maneira que as coisas estão e acham que não é necessário mudanças.

 

2) Os de Apolo (intelectuais):

– É possível ser intelectual e espiritual, “saber mais” não significa “ser mais”, saber mais não nos torna melhores ou maiores do que os outros. Nos dias de hoje o que mais temos visto são os “Doutores da Fé” enganando o povo com “receitas” de “remédios milagrosos”. Porque possuem um nível um pouco mais alto de conhecimento, acham que tudo o que falam o povo deve dizer amém.

 

3) Os de Cefas (legalistas e tradicionalistas):

– O que mais tem colocado a autoridade da bíblia em segundo plano é a tradição, colocam a tradição acima de tudo principalmente acima de Jesus. O próprio Senhor Jesus disse: ” Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens” (Mt 15.8-9)

 

4) Os de Cristo (os independentes):

– São os piores, não reconhecem e não se submetem à autoridade dos pastores e líderes, não honrar e não amar os pastores e liderança, é a mesma coisa que não reconhecer o seu chamado, pois Deus constituiu os pastores para apascentarem e darem direção ao rebanho do Senhor, uma vez que o rebanho sozinho não tem capacidade para continuar a caminhada, pois se não ouvir a voz do pastor e se separar do rebanho, vem o ladrão e salteador que não é pastor, finge que está apascentando, mas na hora do perigo, quando vê o lobo vir, ele foge e deixa a ovelha sozinha novamente, o lobo a ataca e devora a ovelha que se achava tão independente que não quis andar junto com o rebanho e não quis se submeter a ouvir à voz do seu pastor. (Jo 10.8-13)

A bíblia diz que não devemos abandonar a comunhão como é costume de alguns (Hb 10.25) mas devemos juntos, estar firmados na Rocha Eterna que é Jesus Cristo o autor e consumador da nossa fé, pois Ele é o cabeça da igreja e digno de toda honra e glória.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s