Vasos de honra

Vasos de honra

2TM 2:20 Ora, numa grande casa, não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de madeira e de barro; e uns, na verdade, para uso honroso, outros, porém, para uso desonroso.

É interessante como a Bíblia nos compara com vasos.

Os vasos são fabricados para guardarem algo dentro de si, pode ser água, bebida, areia, plantas, azeite, enfim, há muitas utilidades.

No passado usáva-se muitos vasos para guardar incenso, perfumes e óleos em geral, inclusive era um produto até caro de certa forma, pois era totalmente artesanal, e quanto mais detalhes, ou maior, mais caro seria, quanto maior sua capacidade interna, mais caro ele era, quanto mais vistoso, mais caro seria.

Na época de Jesus, você conhecia a classe social da pessoa olhando para seus vasos.

Mas o vaso mais precioso que a palavra de Deus faz menção é o vaso de barro, chamado ser-humano.

Deus chamou o profeta Jeremias para que ele fosse até a casa do oleiro, que estava sentado com a sua obra nas mãos, ele estava moldando um vaso…

JR 18:2 Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas palavras.

JR 18:3 Desci, pois, à casa do oleiro, e eis que ele estava ocupado com a sua obra sobre as rodas.

Deus faz com que o profeta veja o oleiro trabalhar com o barro, formando então um vaso…

Mas enquanto ele moldava o vaso, o mesmo se quebrou em suas mãos:

JR 18:4 Como o vaso, que ele fazia de barro, se estragou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme pareceu bem aos seus olhos fazer.

É uma palavra muito bonita e interessante, porém existe algumas fases para que esse vaso comece a ser moldado exatamente para que o mesmo não venha a se quebrar.

Deus neste momento quis mostrar para o profeta, o poder que o oleiro tem sobre o vaso, não explicando detalhes da produção daquele vaso.

Como tudo na vida, há fases que precisamos passar, vivenciar , experimentar, antes que o oleiro comece a moldar o vaso, existem algumas fases que precedem o momento de moldagem:

A primeira fase, é a fase da escolha:
Segundo alguns artesãos, existem cerca de duzentos tipos de barros conhecidos, entretanto, apenas oito tipos segundo os especialistas, são aptos para se produzir vasos.

Deus sabe o tipo de barro que ele escolhe, não é qualquer barro que serve… A Bíblia diz que Deus nos escolheu primeiro…

A fase da escolha é aquela onde Deus vai até o lamaçal e nos tira de lá, afinal, o barro vem da lama não é? Você lembra de que lama você veio? Deus investiu em você te tirando de lá pra você dar frutos. A fase da escolha é o momento em que Deus entra na nossa casa e diz: “vem comigo porque você é diferente, preciso de você”

A segunda fase, é a fase do curtimento:
Observe que em Jeremias 18.4 o vaso na mão do oleiro se quebrou, isso acontece quando não há curtimento.

Quanto maior curtimento, maior liga e quanto maior o vaso, maior o tempo de curtimento.

Quanto maior a obra de Deus na sua vida, maior será o tempo em que você deverá se apartar de algumas coisas, pessoas e situações…

Mais tempo você deverá passar meditando e avaliando sua vida diante de Deus.

O curtimento do barro, é aquela fase que Deus fala com todos, mas parece que com você é diferente, parece que não consegue ouvi-lo ou pelo menos, não o ouve nitidamente.
Todos os grandes homens de Deus na Bíblia, viveram um deserto em suas vidas, estavam sendo preparados, Deus estava investindo tempo neles…

Parece que você está sozinho? Parece que as coisas não estão acontecendo? É a fase do curtimento, você precisa passar por essa fase.

A terceira fase é a fase do pisamento:
Quando o barro é tirado do curtimento, talvez depois de muito tempo, ele é colocado em um local próprio para ser pisado, amassado.

Esse processo é necessário para que pequenas bolhas de ar que se formam no barro, possam estourar e assim ter uma massa homogênea.

Momentos da nossa vida que somos pisados, humilhados, desprezados e feridos, são para que as bolhas do orgulho, da soberba, da altivez, da vaidade e de todo tipo de pecado, sejam estouradas e aniquiladas da nossa vida.

Para que toda autoconfiança caia por terra e venhamos confiar naquele que está nos moldando, o oleiro Jesus Cristo.

Já pensou um vaso lindo como você, sendo moldado pelo oleiro e quando ele termina a obra, Ele olha pra você e tem uma baita bolha assim em você que se passar um mosquito explode?

Pois é, não pode, o vaso tem que ser lindo perfeito, se a bolha explode, fica um buraco no lugar, então, é melhor não ter bolha alguma.

A quarta fase é a fase dos acréscimos:
Para que se fabrique um vaso resistente, além dos três processos anteriores, é necessário também acrescentar palha fina, pedra triturada e restos de cerâmica à toda massa, pois sem essa mistura, o vaso se tornará fraco, não terá muita utilidade e qualquer coisa pode quebrá- lo.

Deus não quer vasos fracos em sua obra, Deus quer que seus servos e servas sejam fortes e resistentes.

Por isso, Ele investe em nós, e para sermos fortes, há necessidade de ser acrescentado em nós, santidade, humildade, compromisso, submissão, obediência, conhecimento e sabedoria e também os dons do Espírito Santo, pois se Ele está investindo, Ele quer algo em troca. São esses acréscimos que nos tornam fortes e úteis.

A quinta fase é a fase do molde:

JR 18:4 Como o vaso, que ele fazia de barro, se estragou na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme pareceu bem aos seus olhos fazer.

Essa é a fase que Deus nos molda, o oleiro tem poder sobre o barro e molda conforme a sua vontade.

O barro não pode reclamar com o oleiro a forma que ele está dando, o criador tem poder sobre a criatura.

Uma vez que o barro foi entregue ao oleiro, ele decide a forma, onde e como ele vai usar aquele vaso.

RM 9:20 Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?

RM 9:21 Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para uso honroso e outro para uso desonroso?

JR 18:6 Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz o Senhor. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.

Tudo está debaixo da sua vontade e direção. Deus sabe exatamente onde cada vaso deve e vai estar.

Quando nos rendemos à vontade de Deus, como barro em suas mãos, Ele verdadeiramente pode mudar a nossa vida e a nossa história.

O molde, é Deus quem faz. E quando estivermos prontos, já moldados, Ele nos enche com a unção do Espírito Santo, para guardar o que há de mais precioso.

2CO 4:7 Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não da nossa parte.

A unção que está ou virá sobre você, é para a glória de Deus e não sua, Ele é quem nos usa, da sua forma, do seu jeito…

Ele investiu, agora Ele espera algo em troca, o investimento que Deus fez, foi bom pra Ele, está dando resultado?

Você quer ser um vaso de honra ou desonra? Depende de você, deixe Deus te moldar, e Ele lhe fará um vaso de honra.

Bispo Dorianderson Torres.

Anúncios